quinta-feira, 30 de junho de 2011

Qualidade de Água no Laboratório


Para atender a crescente sensibilidade exigida em suas pesquisas, várias organizações profissionais têm estabelecido padrões de qualidade de água.
No laboratório existem alguns tipos de água, e cada um tem sua finalidade específica como:
ÁGUA TIPO I: Esta água é a ideal para a utilização geral em Laboratórios. Quando obtida por processos adequados e estocada corretamente, não produz nenhum interferente.
ÁGUA REAGENTE TIPO II: Esta água pode ser usada quando a presença de bactérias é tolerada, como nos testes de rotina que não necessitam água reagente do tipo I ou água reagente especial. 
ÁGUA REAGENTE TIPO III: Pode ser usada para rinsar frascos de vidro ou lavagens preliminares de outros recipientes que necessitem no final, tratamento com água tipo I ou II. Também pode ser utilizada como água original, para a obtenção de água de alto grau de pureza.
ÁGUA REAGENTE ESPECIAL: Deve ser preparada e utilizada quando há necessidade de que sejam removidos determinados contaminantes, de acordo com a utilização proposta. Ex.: água para preparar soluções injetáveis, exames microssomais, HPLC.
   
Água destilada - É o processo de purificação da água pela mudança dos seus estados físicos. Para que as águas estejam de acordo devem passar por alguns processos de purificação e são eles, deionização que é um processo de troca de íons para obter água reagente de alta resistividade. Consta da utilização de colunas contendo resinas de trocas iônicas que retêm as impurezas existentes na água.
Osmose reversa consiste no processo no qual a água é forçada sob pressão através de uma membrana semi-permeável que retém uma porcentagem das substâncias orgânicas e inorgânicas dissolvidas, íons e impurezas em suspensão.
Filtração por carvão ativado é um processo utilizado como uma fase de pré-tratamento e que em combinação com outro processo de purificação da água, possibilita a obtenção de água reagente, pode ser usado o carvão ativado ou outro adsorvente que seja capaz de remover contaminantes orgânicos.
Ultra filtração é o processo mecânico ou eletro-mecânico destinado a remover pequenas impurezas dissolvidas ou suspensas na água.
Água estéril - hoje existem no mercado aparelhos de luz ultravioleta, a qual tem comprovadas propriedades bactericidas. Adequadamente utilizados, podem proporcionar a eliminação de até 99% dos germes presentes na água.
Para que todo este processo ocorra da maneira correta é preciso lembrar-se das boas praticas laboratoriais, e dos padrões de qualidade, seguindo sempre as normas exigidas e de forma correta para que o trabalho seja altamente qualificado, lembrando que boa parte desse processo depende principalmente do profissional que estará a frente das análises.

REFERENCIAS BIBLIOGRÁFICAS (1)(2)(3)

Alunas: Gislaine Caroline Tulchesky, Leia de Mello Silva, Leila da Conceição Oliveira Santos, Rosangela Silva Simões Amorim, Thais Caroline Braganhollo Budel, Biomedicina

Orientador: Prof. André Bellin Mariano, D.Sc.

Nenhum comentário:

Postar um comentário