quarta-feira, 29 de junho de 2011

Anabolizantes Esteroidais - Drogas de Estética


A definição dos esteróides androgênicos, também conhecidos simplesmente como anabolizantes, são uma classe de hormônios esteróides naturais e sintéticos que promovem o crescimento celular e a sua divisão, resultando no desenvolvimento de diversos tipos de tecidos, especialmente o muscular e ósseo. São substâncias geralmente derivadas do hormônio sexual masculino, a testosterona, e podem ser administradas principalmente por via oral ou injetável. Atualmente não são utilizados somente por atletas profissionais, mas também por pessoas que desejam uma melhor aparência estética, inclusive adolescentes. Os diferentes esteróides androgênicos anabólicos têm combinações variadas de propriedades androgênicas e anabólicas. Anabolismo é o processo metabólico que constrói moléculas maiores a partir de outras menores.
Os efeitos nos homens são os mais indesejáveis possíveis como ginecomastia (desenvolvimento de mamas), atrofia testicular entre outros, ja nas mulheres aparecem crescimento de pêlos, voz fica mais grave, aumento do clitóris, diminuição dos ciclos menstruais.
O uso correto dos esteróides anabolizantes seria somente para procedimentos médicos como estimulantes pra crescimento ósseo, apetite, puberdade e crescimento muscular. Podem também ser usados no tratamento de pacientes submetidos a grandes cirurgias ou que tenham sofrido acidentes sérios, situações que em geral acarretam um colapso de proteínas no corpo. O uso mais comum de esteróides anabólicos é para condições crônicas debilitantes, como o câncer e a AIDS.
Cabe aos profissionais da saúde a responsabilidade de informar e instruir jovens e até mesmos colegas e  pessoas próximas que por ventura estão fazendo uso dessas “drogas”, os efeitos colaterais e abusivos são um problema não só estético e sim psicológico.

Autora: Fernanda Mansilha Ramos – Acadêmica de Biomedicina

Orientador: Professor André Bellin Mariano, D.Sc.

Nenhum comentário:

Postar um comentário